domingo, 16 de abril de 2017

A corrupção criou um Brasil diferente - PARTE 1

Este texto é acima de tudo um lamento. O Brasil afundou totalmente na corrupção. Da corrupção quotidiana (até mesmo louvada como virtude na frase "o mundo é dos mais espertos") à corrupção institucional que apodreceu os poderes republicanos tupiniquins. 

A verdade é que nos últimos trinta anos, sem trégua, o país foi roubado. O povo foi assaltado e viu criar-se, com o PT e empreiteiras como a Odebrecht, mais a companhia de todos os partidos (de PSDB, DEM até o PC do B, PSB, PDT e REDE) a república cleptocrata do Brasil. 

Certamente as bombas das delações premiadas, o cinismo dos políticos e o envolvimento da Imprensa, da classe artística, de sectores da sociedade, até de religiosos, neste esquema assusta e não tem precedentes reais no Brasil. A história brasileira terá outra forma de ser contada. Os livros ideológicos não darão conta de garantir mitos como Lula, o conhecido "pai dos pobres" que agora, nos depoimentos, tornou-se o AMIGO. Neste sentimento de incredulidade pairam todos os ex-presidentes vivos enquanto possíveis criminosos. E eu digo possível porque não quero ter problemas com estas pessoas ao terem surtos de santidade doentia. 

A Lava Jato desafia uma suposta bipolaridade criada entre PT e PSDB. Expõe que acordos, compra de votos, abusos de autoridade e má fé e imoralidade sempre foram marcas da chamada "democracia" em solo brasileiro. A absoluta incultura do brasileiro ajudou a imprensa e os corruptos a manter em silêncio por tanto tempo o fruto de seu roubo. Agora acordar é difícil. O povo foi ensinado a viver à base de fortes remédios controlados que tiram totalmente o sentido de realidade de seu usuário. Anestesiam a sua percepção das coisas. Anulam ao raciocínio. 

Em outros textos irei, com mais informações e esmero, dizer como o Brasil será outro após estas operações da Polícia Federal, Ministério Público e parte do Judiciário. Pode-se adiantar que formadores de opinião não terão vida fácil. Agora é difícil demais fazer com que qualquer pessoa consciente dê crédito à cantilena de golpe, de medo de Lula, de ódio aos pobres e ao PT. Prova-se que todos estão nos mesmos porões amorfos e imundos da realidade corrupta brasileira. PT, PSDB, PP, REDE, DEM, PSB, PDT, PSOL, PC do B, dentre tantos, são todos reflexos do colapso republicano do este sim golpe de 1889. 

Nada foi a um nível tão baixo e apodreceu tanto quanto a esperança do povo brasileiro. Todo ido ao ralo e a história não pode ignorar tal fato. As próximas gerações de formados em história no Brasil têm o dever moral de livrarem-se da doutrinação e parar de seu panfletismo socialista. Não há espaço para distorção indecente da história. Pensamento crítico deve vir acompanhado de valores sérios e não de selectivismo delirante. A história não irá perdoar ninguém. A história é feita pelo discurso sério de homens que viram e ainda verão o país virar as costas para seu povo num esquema internacional sem precedentes de compra de tudo, menos da dignidade e da cabeça tranquila de alguns gatos pingados que ainda podem mudar este país chamado Brasil. 


Eustáquio Silva 


Sem comentários:

Enviar um comentário